O tempo passou a ter uma dimensão diferente…

A dimensão do amor!

fullsizerender-5

Tens pouco mais de 1 mês e pareces já tão “grande” ainda que imensamente bebé, a minha bebé (a nossa bebé!)….
os teus olhos já se encontram com os meus (tão intensamente) e já “falamos” uma com a outra, com os sons que só quem ama compreende. E nós amamo-nos, por isso compreendemo-nos… E nesse instante, tu sorris… para mim…

A opinião pública

Da primeira gravidez todos ficam entusiasmadíssimos com a notícia. Dão-te os parabéns REPETIDAMENTE e repetem vezes sem conta que não há nada melhor no mundo (quando já têm filhos) ou que deve ser a melhor coisa do mundo (quando querem ter filhos).

Da segunda gravidez ainda há algum entusiasmo, mas já não é o mesmo que da primeira e desvanece quando descobrem que o teu primeiro filho só tem 2 anos de diferença… São loucos pensam eles, com o primeiro tão novinho e já fez outro???… (Claro que se fores a Daniela Ruah (muitos parabéns Daniela pela segunda gravidez!!), ou famosa, aí sim é “in” ter filhos com diferenças de idade tão pequenas).

Continuar a ler “A opinião pública”

Quando decides engravidar

fullsizerender-2Decides engravidar, mas achas que vai demorar muito tempo… Quando dás por ela as pessoas estão a fazer contas para se certificarem que estavas grávida no teu casamento, mas não estavas…. Na verdade até querias ir em lua de mel para a Tailândia e até hoje ainda não foste… Tudo pelo melhor dos motivos, mas a lua de mel, essa, ficou adiada até hoje… pelo melhor dos motivos, repito. Continuar a ler “Quando decides engravidar”

O meu colo, só teu.

Muitos dirão que te estou a habituar mal… Dou-te muito colinho (Tal como dei aos teus irmãos.. E ainda dou). Dou-te colinho para te acalmar quando choras, ou porque me queres por perto e o meu toque e a minha voz te acalmam (e eu gosto de te ter por perto, em mim!) , ou porque tens cólicas e eu tento aliviar como posso a tua dor ou simplesmente porque estás acordada a olhar para mim e eu penso, porque não… E pego em ti. E Ficamos a olhar uma para outra.. tu como se não existisse um mundo lá fora e eu receosa que os minutos passem depressa demais e o mundo lá fora te chame para fazeres parte dele e não apenas de mim.

Continuar a ler “O meu colo, só teu.”

Conto infantil: “O menino e a Gaivota”

o-menino-e-a-gaivota

Este meu primeiro conto infantil “O menino e a gaivota”, lançado em Novembro de 2015, foi escrito para os meus filhos, para criar memórias. Aborda de forma simples a temática do nascimento de um irmão que, sendo um momento mágico, está repleto de um turbilhão de emoções.

“Será que vou deixar de ser especial?” O papá abraçou-o e explicou-lhe que era muito bom ter um mano para brincar e que os dois iam ser os melhores amigos.

Este conto ganhou vida com as belíssimas ilustrações de João Rodrigues. O prefácio foi escrito pela Tânia Ribas de Oliveira e a nota final do livro pelo Dr. José Guimarães, pediatra dos meus filhos.

Para quem estiver interessado em encomendar o livro, pode fazê-lo no site da Chiado Editora: https://www.chiadoeditora.com/pesquisa?q=o+menino+e+a+gaivota

 

“O menino e a Gaivota” no programa “Agora Nós – RTP”

screen-shot-2016-11-03-at-16-19-32

“O menino e a Gaivota” no blog “As viagens dos Vs – Vera Dias Pinheiro”: http://www.asviagensdosvs.com/2016/02/pais-preparar-chegada-do-irmaoa-1.html

“O menino e a Gaivota” no blog “Positive Mood”: http://thepositivemood.blogspot.pt/2016/05/o-menino-e-gaivota-e-um-livro-que.html