Parabéns menino dos caracóis dourados!

Noah, hoje é para ti que escrevo. Faz hoje 3 anos, 3 anos apenas, que sabem a tanto mais… Têm sido 3 anos intensos…

FullSizeRender-4.jpg

Posso dizer, sem qualquer dúvida, que até hoje foste o filho que mais vezes me beliscou o coração. Temos tido momentos bem atribulados (“bota atribulado nisso!”). És o meu menino dos caracóis dourados e foi contigo que aprendi a reconhecer a fragilidade da vida. Sei agora que “os filhos não são nossos filhos, são filhos de Deus, um empréstimo que Ele nos faz”. Não consigo imaginar maior responsabilidade que esta e nenhuma mais bonita também…

Espero que quando cresceres tenhas esse grande poder de unificar pessoas, tal como agora unificas clubes :)!

Vivi a nossa gravidez desde as 18 semanas cheia de medo de te perder, estavas com tanta vontade de conhecer o mundo… Aprendi, forçada, a viver cada dia como mais uma vitória. E depois, quando finalmente decidiste que era hora de vires ao mundo, trocaste-me as voltas todas. Continuar a ler “Parabéns menino dos caracóis dourados!”

Viagens com 3 filhos

Hoje escrevo para vocês que leem os meus posts e que têm que viajar com crianças.

Para muitos pode parecer um pesadelo… mas para nós já se tornou uma rotina e tem corrido bem, com alguns truques, claro.

Screen Shot 2016-11-24 at 12.50.04.png

Felizmente, o aeroporto de Lisboa é um aeroporto “amigo” de famílias com crianças e sendo sempre o nosso ponto de partida tem tornado todo o processo muito mais ágil e agradável (o que faz tanta diferença).

Há 2 coisas a não esquecer na bagagem de mão e que para nós fazem toda a diferença.

Comida ligeira e bebidas para os miúdos – muito importante!!! Nunca assumir que vamos encontrar comida no aeroporto. Obviamente que vamos, mas nem sempre podemos comprar quando eles ficam com fome e nem sempre eles gostam daquilo que está disponível. Quando os meus filhos dizem que estão com fome invariavelmente já estão com o estômago colado às costas e queriam comer para ontem… e entretanto ficam (já foram ficando) rabugentos e (quase) insuportáveis.

Tão ou ainda mais importante são os iPads com a bateria carregadinha! Sim, carregadinha, por favor. No avião é o melhor amigo dos pais. É difícil entreter uma criança durante (no nosso caso) 2 horas e meia com livros e conversa. No avião podem matar a barriga das misérias e jogar jogos ou ver filmes de trás para a frente (acontece, literalmente…). E entre os filmes, os jogos, a refeição que eles adoram (incrível, mas é verdade!) e as sestas que de vez em quando também acontecem, assim se passa um voo.

Claro que com 3 filhos e só 2 pais não é possível levar todos ao colo,  mas nós encontrámos (FELIZMENTE) aquilo que tem tornado as nossas viagens deliciosas. Os não tão conhecidos Trunkis. Foi o melhor investimento que fizemos nas nossas viagens. Os miúdos adoram e as pessoas deliciam-se (exceto quando eles voam do trunki). E quem não conhece deve estar a pensar o que é um Trunki… O Trunki é uma mala de mão para crianças que tem rodas e uma trela. Eles podem puxá-la ou podem sentar-se nela e serem puxados, que no caso dos meus filhos é a opção privilegiada.

Estes têm sido os melhores amigos da nossa viagem. sim, porque são amigos de viagem, o Liam tem um Gruffallo e o Noah tem o Garfield que levam nas suas barrigas os brinquedos e os casacos e o que quer que eles lá queiram colocar.

Estes são os nossos segredos para as nossas viagens. Quais são os vossos?

Os filhos do Ronaldo…

Screen Shot 2016-11-04 at 17.02.47.png
Levei o Liam ao cabeleireiro, estava na altura… Ele queria um corte de cabelo à Ronaldo (o que quer que isso queira dizer…), por isso pedi à cabeleira para lhe cortar o cabelo mais curto, mas manter a parte de cima ligeiramente mais comprida para ele poder por gel (que nunca quer por).

À saída do cabeleireiro o meu filho fez uma revelação. Partilhou comigo e com todas as pessoas que se encontravam na rua que… “Sou filho do Ronaldo!!!!!!”.

Eu até podia dizer que tinha ficado envergonhada e sem saber onde me enfiar, mas a verdade é que fiquei divertidíssima a ouvi-lo. Esta revelação foi uma total surpresa … para mim e imagino que também seria para o Ronaldo, para não falar do pai dele…

O Liam não troca o pai por nada nem ninguém… (nem mesmo o Ronaldo!) Mas o corte de cabelo deu-lhe a volta à cabeça :p!

Ser criança…

É acreditar que tudo é possível!

Hoje na reunião de pais do Noah a Educadora disse isto:
“Ser criança é acreditar que tudo é possível… É ter o dia mais feliz da vida, todos os dias… É fazer amigos mesmo antes de saber o nome deles.”
Decidi partilhar com vocês, porque estas frases estão carregadas de significado e nós como pais, familiares ou amigos de crianças temos o dever de os estimular a acreditar que realmente tudo é possível e acima de tudo a serem crianças felizes!